Página Inicial
Acervo Iconográfico III
Heráldica e Vexilologia

LIVROS
Padre Sarmento de Benevides: poder e política nos sertões de Mombaça (1853-1867)
Mombaça: Terra de Maria Pereira
Grandes Juristas Cearenses - Volume II
APOIO CULTURAL
LS Combustíveis
Centro Comercial Pedro Tomé
Premium Hotel
MEMBRO
ASBRAP - Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia
ACE - Associação Cearense dos Escritores
ANPUH - Associação Nacional de História
CRA-Ce - Conselho Regional de Administração do Ceará
Clique para ouvir o depoimento de Fernando Cruz à rádio Assembléia FM 96,7 sobre a história político-administrativa de Mombaça, em 16/03/2009.

Voltar para a página anterior

Untitled Document

ARTIGOS

MOMBAÇA, RUBAYAT ALAMEDA SANTOS E CELSO DANIEL

 


Restaurante Rubayat Alameda Santos, no bairro Cerqueira César, em São Paulo-SP.

Publicado em 06/11/2021.

Não há nenhuma similaridade, além de uma simples coincidência, entre o município cearense de Mombaça, o restaurante Rubayat Alameda Santos, do Grupo Rubayat, cuja unidade fechou as suas portas em 1º de janeiro de 2019 (localizado no número 86 da Alameda Santos, no Cerqueira César, um bairro nobre e icônico de São Paulo, onde fica a Oscar Freire, a rua mais cara do Brasil) e Celso Daniel (1951-2002), político brasileiro filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), ex-prefeito municipal de Santo André (SP) por três vezes, de 1989 a 1992 e de 1997 a 2002, encontrado morto com marcas de torturas e tiros em uma estrada em Juquitiba (SP) no dia 20 de janeiro de 2002, após sair do referido restaurante.

Ao assistir o documentário “Quem mandou matar Celso Daniel?”, produzido pela Brasil Paralelo, me deparei com essa coincidência: certa feita jantei nesse restaurante, o Rubayat Alameda Santos, do Cerqueira César, que o Celso Daniel era frequentador assíduo e de onde foi sequestrado logo após sair de um jantar, acompanhado do empresário Sérgio Gomes da Silva, conhecido como Sérgio Sombra, falecido em 2016, vítima de um câncer.

Fomos participar de uma reunião em São Paulo e a Merck Sharp & Dohme nos hospedou num flat próximo ao Rubayat Alameda Santos. Chegamos num domingo à noite em São Paulo e o restaurante do flat estava fechado.

Eu e o Wellington Saraiva, cearense de Morada Nova, mas residente em Fortaleza, fomos procurar um restaurante para jantar. Entramos no Rubayat Alameda Santos por acaso.

Quando peguei no cardápio quase que caí para trás. Caríssimo. Para não passarmos vergonha pedimos o prato mais barato (mesmo sendo pago pela empresa, pois tínhamos uma cota diária para alimentação).

O maitre era cearense, não me lembro de qual cidade. E o garçom que nos atendeu era de Mombaça.

O caso Celso Daniel, passados quase 20 anos, continua envolto numa “sombra” de dúvidas e sem respostas definitivas.




© Copyright 2005-2022 Maria Pereira Web - Todos os direitos reservados.
David Elias - (85) 99954-0008