Página Inicial
Acervo Iconográfico III
Heráldica e Vexilologia
Loja Virtual

LIVRO
Padre Sarmento de Benevides: poder e política nos sertões de Mombaça (1853-1867)
APOIO CULTURAL
Restaurante & Pizzaria Braseiro
Lótus Produtos Dermocosméticos
Magazine Pneus
Centro Comercial Pedro Tomé
MEMBRO
ASBRAP - Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia
ACE - Associação Cearense dos Escritores
ANPUH - Associação Nacional de História
CRA-Ce - Conselho Regional de Administração do Ceará
Clique para ouvir o depoimento de Fernando Cruz à rádio Assembléia FM 96,7 sobre a história político-administrativa de Mombaça, em 16/03/2009.
PageRank

Voltar para a página anterior

Untitled Document

FRANCISCO CASTELO DE CASTRO

BIOGRAFIA

 


Francisco Castelo de Castelo, prefeito municipal de Mombaça (1944/1945 e 1959/1963); deputado estadual nas legislaturas de 1963, 1967, 1971, 1975, 1979 e 1983; presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Ceará, no biênio 1985/1986 e vice-governador do Estado do Ceará, no período de 1987 a 1990, falecendo no exercício da função.

Filho de João Batista de Castro e Maria Petronília Castelo de Castro. Nasceu a 22/09/1922, em Mombaça-CE, e faleceu a 10/08/1990, em Fortaleza-CE.

Advogado. Formado pela Universidade Federal do Ceará. Prefeito de Mombaça em 1944, aos 21 anos de idade, nomeado pelo interventor estadual Menezes Pimentel. Ao término do período de intervenção, passou a residir em Fortaleza, onde trabalhou como vendedor na Companhia Quixadá Comercial e Importadora. Prefeito de Mombaça, disputou vitoriosamente as eleições diretas, em 1958, pelo PSD - Partido Social Democrático.

Deputado Estadual nas legislaturas de 1963, 1967, 1971, 1975, 1979 e 1983; Secretário Adjunto de Trabalho e Ação Social (no 1º Governo de Virgílio Távora); Vice-Governador do Ceará, no período de 1987 a 1990.

Figura de destaque do Legislativo cearense, por suas reais qualidades de homem público e de cidadão digno. Por várias legislaturas representou o espírito de oposição consciente, como líder, inicialmente do MDB (Movimento Democrático Brasileiro), posteriormente PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro). Sóbrio, de proposições firmes e elegantes, soube como poucos, no ciclo após a Revolução de 1964, não transigir de seus princípios e conduzir-se com rara sabedoria na tribuna da Casa do Povo. Manteve, ao curso de sua função de oposição, acalorados debates com o líder do Governo, Aquiles Peres Mota, mas, em nenhum momento adotou posições indelicadas ou agressivas.

Orador fluente e convincente, sua presença na tribuna era a certeza de um diálogo de alto nível, sempre abordando assuntos do interesse público. A par de suas qualidades de homem público, destacou-se pela lanheza no trato com seus companheiros deputados, principalmente no acesso aos debates.

Sua vida foi totalmente dedicada às atividades políticas, e exemplo de altivez e independência. Não deixou descendentes nem bens materiais, mas seu nome ainda hoje é lembrado com admiração e respeito por quantos fazem o Parlamento Estadual.

(Fonte: ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ. Deputados Estaduais: 21ª legislatura, 1983-1986. Fortaleza: INESP, 2003.)


© Copyright 2005-2017 Maria Pereira Web - Todos os direitos reservados.
David Elias - (85) 9954.0008