Página Inicial
Acervo Iconográfico III
Heráldica e Vexilologia
Loja Virtual

LIVRO
Padre Sarmento de Benevides: poder e política nos sertões de Mombaça (1853-1867)
APOIO CULTURAL
Restaurante & Pizzaria Braseiro
Cenpel
DFL Limpeza Urbana
Lótus Produtos Dermocosméticos
Magazine Pneus
Centro Comercial Pedro Tomé
Premium Hotel
MEMBRO
ASBRAP - Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia
ACE - Associação Cearense dos Escritores
ANPUH - Associação Nacional de História
CRA-Ce - Conselho Regional de Administração do Ceará
Clique para ouvir o depoimento de Fernando Cruz à rádio Assembléia FM 96,7 sobre a história político-administrativa de Mombaça, em 16/03/2009.
PageRank

Voltar para a página anterior

Untitled Document

ACERVO ICONOGRÁFICO III

 


As eleições municipais no Brasil em 1985 ocorreram em 15 de novembro. Estavam aptos a votar aproximadamente 18 milhões de eleitores em 201 municípios para a escolha dos prefeitos que administrariam tais cidades a partir de 1º de janeiro de 1986 e cujos sucessores seriam eleitos em 1988. Foi a primeira eleição realizada sob a égide da Nova República e a primeira das quatro realizadas no governo José Sarney.

Entre maio e junho de 1985 o Congresso Nacional aprovou proposta do deputado Navarro Vieira Filho que restabeleceu as eleições diretas nos municípios mencionados, municípios de territórios e nos municípios criados até 15 de maio daquele ano. A campanha foi marcada pelo acesso irrestrito aos meios de comunicação e pelo fato de que os partidos governistas estiveram, em regra, em campos opostos. A contagem dos votos apontou uma vitória maciça do PMDB com 127 prefeituras, sendo 19 capitais, mas apesar de tal desempenho o governo foi derrotado em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, a primeira nas mãos de Jânio Quadros e as demais sob o controle de aliados de Leonel Brizola. Ainda no seio das oposições o PT conseguiu vencer em Fortaleza e o PDS triunfou em São Luís e em algumas cidades interioranas, reduzindo-se a uma mera fração do que foi outrora. No Recife a vitória coube ao PSB embora o eleito tenha retornado ao PMDB logo em seguida. Quanto ao outro partido governista, o PFL, este não venceu em nenhuma capital.

A eleição municipal de Fortaleza, em 1985, teve os seguintes candidatos: Maria Luíza Fontenele (PT), eleita com 159.846 votos (34,36% dos votos); Paes de Andrade (PMDB), com 148.437 votos (31,91% dos votos); Lúcio Alcântara (PFL), com 121.326 votos (26,08% dos votos); Antônio Alves de Morais (PTB), com 27.204 votos (5,85% dos votos); Francisco Tarciso Leite (PSC), com 4.303 votos (0,92% dos votos); Moema Correia São Thiago (PDT), com 3.692 votos (0,79% dos votos); Humberto Beviláqua Vieira (PL), com 405 votos (0,09% dos votos).

Fotografia: Observam-se, da esquerda para a direita, o então deputado federal Antônio Paes de Andrade (1927-2015), o ex-deputado estadual, ex-deputado federal e ex-senador Mauro Benevides, o ex-deputado federal e então governador do Estado do Ceará Gonzaga Mota e um não identificado, durante a campanha eleitoral para a prefeitura de Fortaleza no ano de 1985. Acervo da Sr.ª Zilda Maria Martins Rodrigues de Andrade.

Untitled Document


© Copyright 2005-2017 Maria Pereira Web - Todos os direitos reservados.
David Elias - (85) 9954.0008