Página Inicial
Acervo Iconográfico III
Heráldica e Vexilologia
Loja Virtual

LIVRO
Padre Sarmento de Benevides: poder e política nos sertões de Mombaça (1853-1867)
APOIO CULTURAL
Restaurante & Pizzaria Braseiro
Lótus Produtos Dermocosméticos
Magazine Pneus
Centro Comercial Pedro Tomé
MEMBRO
ASBRAP - Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia
ACE - Associação Cearense dos Escritores
ANPUH - Associação Nacional de História
CRA-Ce - Conselho Regional de Administração do Ceará
Clique para ouvir o depoimento de Fernando Cruz à rádio Assembléia FM 96,7 sobre a história político-administrativa de Mombaça, em 16/03/2009.
PageRank

Voltar para a página anterior

Untitled Document

NOTÍCIAS

INSTITUTO DO CEARÁ REALIZA SESSÃO ESPECIAL EM HOMENAGEM A PLÁCIDO ADERALDO CASTELO

 

27/01/2006


Governador do Estado do Ceará Dr. Lúcio Alcântara, o jornalista e escritor Eduardo Campos (presidente do Instituto do Ceará), o Prof. Pedro Castelo, o deputado federal Mauro Benevides e o ex-senador e ex-governador do Estado do Ceará Beni Veras

Com a presença do governador do Estado do Ceará, Dr. Lúcio Alcântara, realizou-se nesta sexta-feira, dia 27/01, às 18h00, no Auditório Pompeu Sobrinho, do Instituto do Ceará (Histórico, Geográfico e Antropológico), sessão especial comemorativa do 1º Centenário de Nascimento de Plácido Aderaldo Castelo.

A solenidade contou com a audiência da intelectualidade cearense, familiares e amigos do ex-governador Plácido Aderaldo Castelo. A mesa principal foi composta pelo jornalista e escritor Eduardo Campos (presidente do Instituto do Ceará), Dr. Lúcio Alcântara (governador do Estado do Ceará), Prof. Pedro Castelo (filho do ex-governador Plácido Aderaldo Castelo), general-de-brigada Paulo Studart Filho (comandante da 10ª Região Militar), monsenhor André Viana Camurça, deputado federal Mauro Benevides e Beni Veras (ex-senador e ex-governador do Estado do Ceará).

Fizeram uso da palavra o jornalista e escritor Eduardo Campos e o governador Dr. Lúcio Alcântara que ressaltaram as diversas atividades desempenhadas por Plácido Castelo ao longo da sua vida como jornalista, jurista, educador, intelectual e político, destacando-se a sua gestão como governador do Estado do Ceará, marcada por inúmeras obras relevantes para o desenvolvimento do Estado e pela interiorização do seu governo, fazendo chegar aos mais distantes municípios estradas e energia elétrica, além da sua probidade como homem público, uma qualidade rara nos dias de hoje. Em nome da família, o Prof. Pedro Castelo exortou a figura de um pai austero, porém, amoroso e justo, que deixou um legado de honestidade e humildade, nunca se deixando envolver pelas passageiras glórias do Poder.

Ao encerrar a solenidade, o presidente do Instituto do Ceará Eduardo Campos convidou a todos os presentes a participarem de um coquetel e a visitarem as dependências da instituição, cujas paredes são revestidas de telas a óleo, por retratos de figuras como Antônio Bezerra de Menezes e Juvenal Galeno e peças de valor histórico inestimável. A fundação do Instituto remonta a 4 de março de 1887.


© Copyright 2005-2017 Maria Pereira Web - Todos os direitos reservados.
David Elias - (85) 9954.0008