Página Inicial
Acervo Iconográfico III
Heráldica e Vexilologia
Loja Virtual

LIVRO
Padre Sarmento de Benevides: poder e política nos sertões de Mombaça (1853-1867)
APOIO CULTURAL
Restaurante & Pizzaria Braseiro
Lótus Produtos Dermocosméticos
Magazine Pneus
Centro Comercial Pedro Tomé
MEMBRO
ASBRAP - Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia
ACE - Associação Cearense dos Escritores
ANPUH - Associação Nacional de História
CRA-Ce - Conselho Regional de Administração do Ceará
Clique para ouvir o depoimento de Fernando Cruz à rádio Assembléia FM 96,7 sobre a história político-administrativa de Mombaça, em 16/03/2009.
PageRank

Voltar para a página anterior

Untitled Document

NOTÍCIAS

JOSÉ ADERALDO CASTELLO RECEBE A MAIOR HOMENAGEM DA UFC

 

19/07/2006


O reitor Renê Barreira concedeu a honraria ao professor de Literatura Brasileira (Foto: Gustavo Pellizzon)

O professor e escritor cearense José Aderaldo Castello recebeu ontem o título de Doutor Honoris Causa, a maior homenagem concedida pela Universidade Federal do Ceará (UFC) a pessoas. A solenidade de entrega aconteceu, ontem à noite, no Auditório Castello Branco, da Reitoria, no Benfica.

A honraria, proposta pelas professoras Ângela Gutierrez e Maria Neuma Barreto Cavalcante, do Departamento de Literatura da UFC foi concedida em reunião do Conselho Universitário do dia 2 de setembro do ano passado.

Natural do município de Mombaça, José Aderaldo Castello é professor emérito de Literatura Brasileira da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP).

Ele foi saudado pelo professor Luiz Tavares Junior, que discursou em nome da comunidade acadêmica, traçando um histórico de sua vida, bem como de suas conquistas no mundo acadêmico. “Estamos diante da figura perfeita e acabada de um professor universitário”, destacou Tavares.

José Aderaldo Castello é um profundo pesquisador da literatura nacional. Foi de Fortaleza para São Paulo para estudar Direito, mas logo depois mudou para o curso de Letras, sua verdadeira vocação. Foi professor, assíduo em salas de aula, por 63 anos, até se aposentar.

Em seu livro mais famoso “A Literatura Brasileira: origens e unidades”, Castello percorre um longo espaço de tempo, desde o século XVI até os anos 60 do século passado, uma obra fundamental de interpretação da Literatura e, conseqüentemente, da história brasileira.

(Fonte: Jornal Diário do Nordeste)


© Copyright 2005-2017 Maria Pereira Web - Todos os direitos reservados.
David Elias - (85) 9954.0008