Página Inicial
Acervo Iconográfico III
Heráldica e Vexilologia
Loja Virtual

LIVRO
Padre Sarmento de Benevides: poder e política nos sertões de Mombaça (1853-1867)
APOIO CULTURAL
Restaurante & Pizzaria Braseiro
Lótus Produtos Dermocosméticos
Magazine Pneus
Centro Comercial Pedro Tomé
MEMBRO
ASBRAP - Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia
ACE - Associação Cearense dos Escritores
ANPUH - Associação Nacional de História
CRA-Ce - Conselho Regional de Administração do Ceará
Clique para ouvir o depoimento de Fernando Cruz à rádio Assembléia FM 96,7 sobre a história político-administrativa de Mombaça, em 16/03/2009.
PageRank

Voltar para a página anterior

Untitled Document

HERÁLDICA E VEXILOLOGIA

 

A heráldica refere-se simultaneamente à ciência e à arte de descrever os brasões de armas ou escudos. As origens da heráldica remontam aos tempos em que era imperativo distinguir os participantes das batalhas e dos torneios, assim como descrever os serviços por eles prestados e que eram pintados nos seus escudos. No entanto, é importante notar que um brasão de armas é definido não visualmente, mas antes pela sua descrição escrita, a qual é dada numa linguagem própria – a linguagem heráldica.

A vexilologia é o estudo das bandeiras, estandartes e insígnias e das suas simbologias, usos, convenções etc. Este termo foi criado por Whitney Smith, dos Estados Unidos, com vasta obra publicada sobre o assunto. O seu nome provém de vexillum, nome dos estandartes utilizados no exército romano.

Em parceria com o designer gráfico Thiago Cardoso Gurgel e fundamentados em pesquisa histórica, heráldica e vexilológica, criamos ou refazemos brasões e bandeiras municipais. Mantenha contato através do e-mail: fernandocruz1969@outlook.com.

Brasão de Armas de Mombaça, criado pela Lei Municipal nº 691/2013, de 20/02/2013. Art. 1º - Fica adotado como brasão de armas do município de Mombaça, o brasão idealizado e elaborado pelo administrador e pesquisador em História e genealogia Fernando Antonio Lima Cruz, descrito e justificado pela seguinte forma: Escudo clássico português, esquartelado, lembrando a origem da nacionalidade brasileira e tradicionalmente utilizado em quase todos os municípios do Brasil, encimado por uma coroa mural de cinco torres, em argente (prata), característica privativa de município. O primeiro quartel do escudo apresenta sobre fundo sinopla (verde) duas mãos entrelaçadas, simbolizando a pureza de sentimentos e altos ideais dos mombacenses irmanados pelo engrandecimento de nossa terra. O segundo quartel do escudo apresenta sobre fundo jalde (ouro) uma Cruz de Cristo, evocando a religiosidade e a profunda fé cristã do povo mombacense. A Cruz de Cristo era utilizada pela Sereníssima Casa de Bragança, dinastia portuguesa sob a qual foi iniciado o povoamento do território mombacense, em 12 de outubro de 1706, com a concessão da data de sesmaria a João de Barros Braga, Maria Pereira da Silva e Serafim Dias. O terceiro quartel do escudo sobre fundo jalde (ouro) um lavrador cultivando a terra, simbolizando a agricultura, alicerce da economia mombacense e o maior esteio de um país que nasceu essencialmente agrícola. O quarto quartel do escudo apresenta sobre fundo sinopla (verde) uma pluma de algodão, produto agrícola que predominou sobre as demais culturas da terra mombacense nos séculos XIX e XX. No listel de goles (vermelho), por ser o esmalte representativo da audácia, da altivez e da glória, em letras brancas, as legendas: à direita, 27-11-1851 e, à esquerda, 15-01-1853, datas, respectivas, da criação e instalação do município de Maria Pereira, atual Mombaça, ladeando o topônimo de Mombaça.

Bandeira Municipal de Mombaça, criada pela Lei Municipal nº 730/2013, de 29/10/2013 (que alterou a Lei Municipal nº 25/68, de junho de 1968). Art. 1º - Fica instituída a bandeira do município de Mombaça, que será obrigatoriamente hasteada nas repartições públicas municipais, inclusive os estabelecimentos escolares da rede de ensino municipal, sempre que sejam realizadas solenidades, bem como nos feriados nacionais, estaduais e municipais, ou ainda por motivo de luto oficial. Arte: designer gráfico Diego Alves. Contato: (88) 99655-2253.

(Fontes: Heráldica, disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Her%C3%A1ldica. Acesso em 29 mar. 2013; Vexilologia, disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Vexilologia. Acesso em 29 mar. 2013)

 



© Copyright 2005-2017 Maria Pereira Web - Todos os direitos reservados.
David Elias - (85) 9954.0008